o-que-e-mordida-cruzada

O que é mordida cruzada?

Problema que se inicia ainda na infância, a causa da mordida cruzada pode ser genética, mas, também, por consequência de alguns hábitos. Chupar o dedo ou chupeta, uso prolongado de mamadeiras, perda precoce de dentes, são alguns deles. 

 Além de uma estética não muito agradável, esse tipo de mordida causa algumas complicações na respiração, dicção, mastigação, digestão, etc. É necessária uma avaliação ortodôntica para que o caso seja avaliado corretamente. 

 O QUE É MORDIDA CRUZADA?

 A mordida cruzada é bem perceptível quando os dentes de baixo se sobrepõem sobre os de cima. Em alguns casos, esse desalinhamento é sútil, passando despercebido.

Em outras palavras, quando se coloca os dentes em oclusão (travando os superiores e inferiores em posição de mordida), os dentes do maxilar inferior “fecham” por dentro dos seus antagonistas no maxilar superior.

Se não tratar essa condição, a pessoa poderá ter alterações musculares e funcionais do organismo. 

Abaixo, confira algumas das principais consequências.

CONSEQUÊNCIAS DA MORDIDA CRUZADA

Na infância, a mordida cruzada atrapalha o crescimento dos ossos da face, fazendo com que eles fiquem desalinhados. Isso se refletirá na alteração do  desenvolvimento fonoaudiólogo da criança, dentre outros.

Já na vida adulta, esse desalinhamento pode trazer problemas como o bruxismo, fratura e perda de dentes, retração gengival e comprometimento das articulações da boca.

Ainda podem ser encontrados: assimetria do rosto e do sorriso, dores, risco maior de cáries e doenças gengivais por conta do posicionamento dos dentes,  enxaquecas, etc.

OUTROS TIPOS DE MORDIDAS 

A mordida cruzada pode ser apenas dentária. Porém, após uma avaliação clínica, é possível identificar e classificar outros problemas no paciente, conforme veremos a seguir. 

Mordida cruzada dentária (ou dentoalveolar): Neste tipo de problema, verificam-se apenas alterações na inclinação ou alinhamento dos dentes. É a mais simples de se resolver. 

Mordida cruzada esquelética: Quando já existe um comprometimento das bases ósseas, precisando, às vezes, de cirurgias.

Mordida cruzada funcional: É notado um desvio devido a uma acomodação da mandíbula, sendo o fator de impedimento para que o encaixe dos dentes aconteça da forma certa.

Mordida cruzada anterior: Esse é o tipo de mordida mais comum entre as crianças e adultos. Ela acontece quando a arcada dentária superior não se encaixa corretamente com a inferior, projetando o queixo da pessoa para frente e gerando um aspecto facial anti-estético.

Mordida cruzada posterior: Neste tipo de mordida,  os dentes laterais (ou de trás) são os que ficam invertidos na hora da mordida.

COMO DESCOBRIR E TRATAR

As visitas periódicas ao dentista facilitam na identificação da mordida cruzada, principalmente se a criança ainda está com os dentes de leite. O profissional encaminhará o paciente a um ortodontista para que seja avaliado o caso e escolhido a melhor forma de tratamento. 

Se o paciente for adulto, é necessário também que ele procure um dentista para avaliar o que pode ser feito e evitar maiores complicações no futuro. 

Caso tenha suspeita de mordida cruzada, você pode fazer o seguinte: fique de frente para o espelho e tente ver como está o alinhando dos seus dentes. Observe o posicionamento da sua mandíbula quando fizer o movimento de abrir e fechar. 

Se o encaixe dos dentes estiverem desalinhados ou causando algum incômodo, marque uma consulta com um ortodontista. Caso a mordida esteja se encaixando perfeitamente, mas você sente alguma dor na região da face, é bom também procurar um profissional. 

A melhor forma de tratar a mordida cruzada é descobri-la em um estágio inicial para que um procedimento mais simples seja o suficiente para corrigir o problema. Às vezes, o paciente deixa para ir futuramente e pode não ser tão simples de resolver, com o uso de aparelho ortodôntico, por exemplo. 

Clique aqui para ver as formas de tratamentos que dispomos na clínica. Um deles vai se encaixar no seu perfil e trazer de volta a leveza ao sorrir. 

Se preferir, marque a sua avaliação com a gente. Temos excelentes profissionais que lhe atenderão prontamente e indicarão o melhor tratamento para o seu caso. Não deixe para amanhã o que pode ser feito agora mesmo! 

Saúde Bucal