Ortodontia

A ortodontia é a especialidade dentro da odontologia que estuda, previne e trata os problemas do crescimento, desenvolvimento, amadurecimento da dentição e más oclusões.

O profissional em ortodontia estuda e acompanha o desenvolvimento da dentição e intercepta futuros problemas na posição dos dentes, deterioração, problemas na gengiva, síndrome da DTM (Disfunção Temporomandibular), deglutição, fala e saúde bucal em geral.

O tratamento ortodôntico proporciona ao paciente um sorriso harmonioso, melhora a autoestima e facilita a higienização.

Ortodontia - Reslumbre Sorrir Faz Bem

Aparelhos ortodônticos

São os aparelhos que corrigem a posição dos dentes, para fins funcionais e também estéticos. Eles se dividem em vários tipos. Alguns deles, são:

  • Aparelho fixo e fixo estético: os dois possuem a função de puxar os dentes gradualmente para a posição correta, sua diferença está na aparência, o fixo estético possui detalhes que o faz ser menos perceptível.

  • Contenção é utilizado logo após o fim do tratamento com o aparelho fixo para manter os resultados. Porém, não é só usado como contenção, ele também é utilizado em crianças para a correção dos dentes. Adultos também podem usar para esse fim.

Aparelho móvel

  • Alinhador: são usados em tratamentos que visam muito mais a estética, são retiráveis e quase invisíveis e possuem menos rejeição que os de metal.

  • Expansor palatino: utilizado para tratar a mordida cruzada.

  • Lingual: para os tratamentos curtos e que também visam a estética, já que são colocados atrás dos dentes.

  • Aparelho extraoral: São os aparelhos colocados do lado de fora da boca, apesar do desconforto estético, eles são eficazes e são utilizados por pouco tempo dependendo do tratamento. São considerados aparelhos ortopédicos pois atuam tanto nos dentes quanto no complexo ósseo do paciente.

Más oclusões

É o desequilíbrio na forma como a arcada dentária se alinha e os dentes realizam a mordida. Esse problema afeta não somente os dentes como também os músculos da face, os ossos, a gengiva e articulações, provocando dores de cabeça, problemas na articulação temporomandibular e interfere nos processos de fala, deglutição e mastigação.

De acordo com as fases da vida e o problema que o paciente apresenta é indicado diferentes tipos de tratamento.
Indicação:

É indicado a partir de 5 anos de idade para corrigir vários problemas com má oclusão (mordida errada), dentes apinhados (dentes tortos), diastemas (espaço entre os dentes), fechar ou abrir espaços de dentes perdidos (colocar implantes), mordida aberta (sucção de dedo ou chupeta) e vários outros motivos. Lembrando que quanto mais cedo o Ortodontista intervir, melhor será o resultado.