Prótese Dentária

Quando perdemos um dente é difícil imaginar a vida sem ele, mas com os avanços da odontologia, agora podemos substituí-lo mantendo a estética e preservando a saúde bucal.

A prótese dentária é diferente do implante, já que o implante é o que substitui a raiz do dente, a prótese então sendo a que acopla a ele.
Existem diferentes tipos de próteses e vamos conhecer elas agora.

1. Prótese sobre implantes

É a prótese que fica sobre o implante dentário, devolvendo a estética e a completa funcionalidade da boca, proporcionando a correta mastigação.

Esse implante dentário é feito de titânio e substitui a raiz do dente.

Essa prótese (coroa), é suportada pelo implante e, se bem cuidada, pode durar décadas ou até a vida inteira.

2. Prótese total removível

A prótese total também é conhecida como dentadura e é indicada quando a pessoa perde todos os dentes. Ela é feita de acordo com o tamanho e cor dos dentes originais e é indicada principalmente para promover a correta mastigação e fala.

3. Prótese flexível

Ela se utiliza de grampos esteticamente imperceptíveis e é uma boa alternativa para quem não quer que as ligas metálicas apareçam. Essa prótese é uma boa substituta da ponte dentária móvel.

4. Coroa dentária

Essas coroas são utilizadas para restaurar o dente envolvendo ele por inteiro (coroa) e podem ser de porcelana, metal, acrílico, ouro e metalocerâmica.

5. Overdenture

É um tipo de dentadura que se apoia nos implantes dentários e se utiliza de acessórios para permitir uma boa adaptação, são removíveis podendo ser facilmente higienizados e proporcionam mais segurança para o paciente do que a prótese convencional (dentadura).

6. Ponte fixa

A ponte fixa visa substituir um ou mais dentes e preencher os espaços, podendo ser cimentada aos dentes vizinhos. Estes, então, servem como os pilares das pontes.

O seu dentista pode te ajudar a escolher o material ideal para essas pontes.

7. Prótese parcial removível (PPR)

Ela é recomendada quando não é possível colocar implantes ou quando os dentes vizinhos não oferecem um suporte adequado para a prótese fixa.

Temos a PPR que é colocada em uma estrutura metálica para oferecer um melhor suporte e resistência. Pode ser a flexível que esteticamente fica mais agradável e também a ponte móvel (perereca).

Qual a prótese ideal para mim?

Na consulta com o seu dentista, ele vai realizar uma bateria de exames clínicos e laboratoriais para identificar qual o tipo ideal de prótese para o seu caso.

É importante visitar o dentista ao menos duas vezes ao ano para investigar, prevenir e tratar problemas dentários o quanto antes. Com uma boa higiene bucal, é bem possível evitar a perda precoce dos dentes que provoca desconforto e problemas com o uso de prótese e que podem diminuir a autoestima.